sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Quem não lembra do "E Éramos Todos Jovens"
e "For Making Love"?

Radialista F. Cavante.apresentador dos Bailes/programas
"E Éramos Todos Jovens" e "For Making Love" 
O caboco Francisco Cavalcante, mais conhecido como F. Cavalcante, nasceu em 23 de fevereiro de 1946, em Manaus. Sua carreira como radialista começou em 1969, na antiga rádio Baré, que fazia parte da rede dos diários associados, no qual fazia parte também o Jornal do Commércio, o mais antigo jornal de Manaus que existe até hoje.


Em 1971, F. Cavalcante foi trabalhar na Rádio Difusora do Amazonas, lá deu início a sua carreira de sucesso como radialista. Com sua voz grave (marca registrada) apresentava as novidades na música internacional, os chamados “hits” e os “Rock Pauleiras“

Em 1980 criou o programa “E éramos Todos Jovens” um dos programas de maiores sucessos da rádio Difusora na época, com muita música romântica nacional e internacional. Era difícil não ouvir nos bailes, clubes e festas a seleção de “modinhas” do F. Cavalcante, que fazia os jovens da época “amarem demais” com dizia sempre o lucutor.

Em 1985 criou outro baile/programa de sucesso, o “For Making Love” na mesma linha de modinhas românticas o programa era o mais ouvido no horário, com direito a sistemas de som das lojas ligados até o toco. Virou febre esperar o início do programa e gravar as traduções que F. Cavalcante fazia das músicas de sucessos internacionais em fita K7. Eu mesmo fiz várias fitas na época.

Em 1992 F. Cavalcante saiu da rádio Difusora e foi ser diretor de produção e programação da rádio Você FM, já extinta. Foi como se hoje tirassem o Faustão da Globo e fosse para a Rede Record. 

Em 1996 voltou para a rádio Difusora, mas já sem prestígio na casa e por competição por horários, teve que se contentar com um programa na madrugada. Daí em diante o caboco F. Cavalcante, creio eu, que perdeu o ritmo. Se alguém souber notícias dele me avise.

Achei um vídeo dele traduzindo em estúdio a música Imagine do John Lennon

Hoje em dia lembro com muita saudade aqueles bons tempos. Quem não ainda não tem sua fita K7 grava em casa heim?




Gostaria muito que deixassem seus comentários e compartilhassem suas experiências daquela época.

É isso cabocãda, fiquem com Deus e até o próximo #bonstempos!


Fonte: http://fcavalcantemanaus.blogspot.com/

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Poxa Caboco Grosso, fiquei emocionada com seu artigo, me fez lembrar da minha adolescência. Escutava apaixonadamente o programa For Making Love, não perdia um programa... Curti muita dor de cotovelo escutando as baladas selecionadas pelo F. Cavalcante. Gravei fitas e mais fitas cassetes, enfim... A única coisa dessa época que lamento não ter feito foi ter ido em um dos bailes For Making Love no Juventus de Sto Antônio... Ainda me lembro dos bordões que ele falava nas chamadas..."A mulher mais amada"... Ai, ai... Suspirava ouvindo sua voz... Um dia soube que minha mãe o conhecera antes, e me disse que ele era um cara de aparência simples, e não um galã de novelas como todas as moças imaginava...kkkkkkkkkk
    Fico triste de saber que F. Cavalcante perdeu o prestígio que tinha, bom, hoje em dia as pessoas só dão valor a essas músicas chulas... Realmente uma pena!
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  3. queria que vc colocasse a lista de musicas que f cavalcante ja traduzil

    ResponderExcluir
  4. Olá, quem quiser matar a saudade de F Cavalcante no dia 26/12/2013 será realizado um baile Beneficente em prol do Alternativo de Petrópolis na ASSUA próximo a UFAM a partir das 21h com a participação especial de F Cavalcante.

    ResponderExcluir
  5. Informações sobre o baile com a participação do F Cavalcante: radio.altpet.org.br

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...